15 de fevereiro de 2009

Sobrevivi

Sobrevivi ao vôo do Cessna a partir do aeródromo em Tires. Foi uma experiência espectacular. Ainda pilotei-o por uns minutos.
Brevemente irei aqui publicar um pequeno "report" sobre esse dia, com umas fotos catitas e até um videozinho. Estejam atentos.

5 comentários:

Inês Brito disse...

De certeza que não falta nenhum dedo ou coisa parecida?? Wow!
xD

Bj,
(i)

Duarte disse...

O Gustavo é um grande piloto ... Conseguiu esquivar uma gaivota uns microsegundos antes de embater nela e não foi necessário amarar no Hudson ...

Duarte disse...

Ninguém foi ao Greg ...

Eduardo Aguiar disse...

Nem o avião fugiu, nem o Gustavo vomitou!
Calculando o previsível, o Comandante da aeronave tomou as seguintes precauções:- O Gustavo ia bem amarrado ao banco, com um excelente colete de forças; ia algemado para não mexer onde não devia; levava uma boa dose de fita cola na boca e uma respectiva rolha onde voces podem imaginar.
Com todas estas armadilhas seria impossível acontecer o indesejado!
Após a aterragem, o dito cujo foi libertado e almoçou com o pessoal lá no aeródromo!
Resumindo e concluindo:- O Gustavo sobreviveu!

Gustavo disse...

Eheh. Grande Duarte e Eduardo. Obrigado por esta experiência. Já falei com o meu chefe para levar o portátil e trabalhar a partir do avião. Pelo menos trabalho com mais adrenalina.
Abraço.