27 de novembro de 2009

Ainda os Vampiros Com Açúcar

Os meninos do rock-emo-pastilha estragaram o verdadeiro simbolismo do "gesto dos cornos" popularizado pelo heavy metal (mais precisamente por Ronnie James Dio). Depois, as empresas de telemóvel estragaram o gozo metaleiro do Mosh (agora rebaptizado para o português Moche). Neste final de década, é a vez dos vampiros.
Tudo começou com o Twilight. Agora, cada vez há mais filmes sobre vampiros: Vampire Diaries, True Blood, The Vampire's Assistant,... E têm sempre a mesma temática e ambiente. Vampiros jovens, apaixonam-se por "humanos mortais", andam na escola e até vão a bailes da faculdade. São, o que eu chamo de: Vampiros com Açúcar, como já aqui escrevi num post anterior. Não me faz espécie o livro ou filme Twilight, mas sim o constante bombardeamento de séries, livros e filmes da mesma temática. Há que aproveitar a moda e render o peixe, não é? Neste caso, render o morcego.
Uma frase um pouco parva, mas que poderia enquadrar-se nisto seria: Twilight killed the vampire star. O misticismo, o conceito do que era um verdadeiro vampiro, desapareceu. Antigamente, nos filmes, um vampiro aproximava-se da mulher que gritava: "Aaaaahhh... não me mordas." Agora, grita: "Hummm... morde-me toda..." Uma miuda que veja o clássico Bram Stoker's Dracula, terá este parecer: "Não gostei do filme. O vampiro parecia um senhor velho. Além disso, não tinha base na face e faltava-lhe um pouco de rímel. Uma depilação também não ficaria mal." Os vampiros passaram de símbolos de horror para sex-symbols.
Em Portugal, esta moda não é excepção. Está em produção uma série portuguesa com vampiros, com o "original" nome de: Lua Vermelha. Quem pensou neste nome deve ser um crãnio... Eu sugiro aqui outros nomes na mesma linha: Vampiro de Brama Estoca, Deixa que te Chupe, Sangue Vermelho & Dentes Afiados, O Morcego de Sintra ou... Sugus.
Será que a próxima moda será com zombies? Uma rapariga sai das aulas, passa pelo cemitério. Nisto, um morto-vivo, sai da campa, todo roto e com carne podre a cair da cara. Ela olha para ele e... apaixona-se. O título? Zombies com Açúcar.

3 comentários:

MarKekas disse...

RCC!! Muito bom!! Gostei do "Sugus".. hehe!

Càtia disse...

Ahahaha, também adorei o "Sugus" e "Deixa que te chupe"!!
Eu por acaso nunca apreciei muito filmes de vampiros, dos poucos que gostei foi precisamente do "Dracula, de Bram Stoker" (também tenho o livro), acho que o actor Gary Oldman tem um papel bem interessante e até sensual, já que falamos disso...
Concordo com o que disseste, nestes filmes actuais alterou-se completamente a ideia do que é ser um vampiro...

Càtia disse...

Já viste o filme de vampiros "Deixa-me entrar"? É perturbante e original...